Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Uma pagina á toa...

 

Hoje abri um livro ...

" Lembro-me muito bem de todos esses momentos. Sei que a memória é mentirosa, mas tenho a certeza que nisto não me está a trair, porque nunca conheci ninguem tão meigo, nem cuidadoso como tu.À saída de casa, do hotel, de um restaurante, tinhas comigo gestos que nenhum homem jamais tivera; fechavas-me o casaco, botão a botão, enrolavas-me o cachecol á volta do pescoço, depois, com as tuas mãos brancas e lisas, levantavas com cuidado o meu cabelo que ficara entalado debaixo das golas ou do cachecol.A ultima vez que fizeste isso, tremi um pouco, queria que aquele momento durasse para sempre, por isso pedi-te, demora só um bocadinho mais a arranjar-me por favor, só um bocadinho mais...e tu riste-te, como se eu estivesse a dizer disparates." 

Margarida R. Pinto in " O Diário da tua ausência"

Acabei de ler este livro e Adorei...do principio ao fim... Provavelmente vou citar cada frase dele...uma a uma, são todas lindas!!!

Ah decidi também fazer umas mudanças aqui no meu "cantinho"... á quinta feira... é dia de leitura... portanto ás quintas serão citados excertos dos livros onde me perco...

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post