Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Segredo...

 

Vou contar-te um segredo...

Não digas a ninguém

shiu...

não te rias!

O amor  ás vezes é assim

Se não for assim não é amor..

Vou contar-te um segredo

Talvez já saibas

Estas coisas sabem-se sempre

Tenho vergonha...

Tu sabes como sou..

Não te rias...já te pedi...

Faz esse ar sério que não engana ninguém

Dá-meconfiança para começar...

para soltar a primeira palavra

As outras serão mais faceis

Vá, não me olhes assim

Quero mesmo contar-te isto

...

Vou respirar fundo...

Olhar-.te nos olhos

e tentar falar

Pára com isso

Esse olhar maroto,

assim não consigo

Shiu

Ninguém está a ouvir

Chega-te mais um pouco

Vou contar-te um segredo...

....

Talvez não valha a pena

Tu já sabes

vou ficar aqui a olhar-te

talvez descubras

que já sabias que segredo

te queria contar

 

 

4 comentários

Comentar post