Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

melhor da vida

 

Tudo está no sitio certo…

A porta ficou encostada á tua espera

Pensei que já não vinhas

Esqueci-me que te esperava

Fui vivendo

Sorrindo

E nunca lamentei a espera

Não desisti

Não me esqueci que viver é bom

Sem que tivesses chegado,

Aproveitei as dávidas da vida

Os amigos

A família

Os sorrisos

Os abraços

E até as lágrimas

Cada minuto foi vivido intensamente

E ninguém reparou que te esperava

Adormeci a algumas vezes

Sem pensar nos “intrusos”

Que foram surgindo

Sem que me apercebesse

Mas foram embora

Paciência, não é um dom para todos

Entretanto chegaste

E eu deixei que entrasses

Não sei se alguma vez esperei por ti

Se alguma vez soube da tua chegada

Não sei

Só sei

Que o melhor da vida

Chega quando não se espera

Talvez

Tenha sido isso!!!

 

 

 

4 comentários

Comentar post