Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Ele

 

Ele nem sempre se porta bem.Por vezes gosta de embirrar. Trata-me como uma criança, e eu detesto... mas ele adora, e continua a faze-lo.

É menino mimado ( no bom sentido), e tem um coração enorme. Não nasceu com muita sorte, mas tambem sendo um lutador nato, que importa?!

Tem os olhos pequeninos, mas vê para além, do visivel. Vê com o coração.

Chama-me "olhos grandes", e faz-me sorrir.

Faz-me sentir linda...

Vive o momento,sempre pensando no futuro alias tem a capacidade de o imaginar...

Tem a capacidade de curar com abraços. E transformar tristeza em risos.

Tem um sorriso lindo, e umas "covas sexys".Não se importa com o que os outros dizem.

Usa as palavras (feias, por vezes) para resolução de problemas, e nunca recorre à violencia.

Traz-me capuccino com chocolate do serviço, e faz "art atack" para me surpreender.

Chama-me nomes estranhos... ( amora podre, coisa feia, baunilha, sarnenta...)cheios de sentido, que só nós sabemos.

Gosta da chuva como eu, e sabe o sabor de ter as mãos dadas e os pés molhados.

Sabe ser criança outra vez, sabe rir e chorar.

Sabe abraçar... com o coração

E gasta as palavras boas, sem medos.

Perde horas ao telefone, e parece que não se cansa de olhar.

Oferece-me chocolates e as minhas flores preferidas.

Deixa-me sem palavras e adora faze-lo.

Atura-me as crises... e aguenta, o facto de mandar-lhe sms com frases inteiras de livros.

Há muito para dizer dele... mas por agora só duas palavras.... FAZ-ME FELIZ

Olga G.

 

 

 

 

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post