Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Mais saudades

 

Ás vezes esqueço-me que tinhas um nome

Que para mim este nome não me diz nada

esqueço-me das vezes que entramos em conflito...

só me lembro do teu sorriso timido

só me lembro das tuas mãos nos meus joelhos pequenos

e os risos que provocavas com as cócegas.

Esqueço-me que as pessoas tambem se lembram de ti...

mas pelo teu nome, não pela imagem que eu tenho de ti.

Tenho tantas recordações, e ontem

vi tantas fotos nossas.

Era um amor bonito,

aliás é um amor bonito, o mais bonito que existe

Lembro-me dos chocolates que compravas todas as manhãs

e o cheiro da terra.

As tuas botas grandes que tantas vezes calcei e as noites de Natal,

inesqueciveis contigo

Tenho-te no pensamento

Todos os dias mais um pouco.

recordo-me de ti

tenho saudades de ti

da vida que tinhamos

Fazes falta cá em casa.

Adoro-te

 

 

 

3 comentários

Comentar post