Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Escolha ser feliz

 

Quando fazemos o que gostamos,
até mesmo a maior das quedas acaba valendo a pena.
Mas, não, eu não vou enganar você:
fazer o que gostamos às vezes dói muito,
especialmente se você está entre aqueles que são ousados demais,
que pretendem alçar os mais altos vôos
quando poderiam ter uma vida tranqüila e bastante estável
fazendo apenas o convencional.

É terrível a dor quando as pessoas sentem que há nelas
uma força enorme fluindo em suas veias,
mas as suas asas são menores do que seu desejo de voar,
e por isso elas caem.
A estas pessoas, eu digo apenas: PERSISTAM!

O condor é uma ave que desde seu nascimento
está destinado a alcançar as maiores altitudes,
mas jamais conseguirá isso se enquanto ainda jovem e frágil
não tiver a coragem para lançar-se ao espaço
e alçar o seu primeiro vôo.

Portanto, corra atrás de seus sonhos, infinitamente,
porque fazendo isto, ainda que você fracasse, você terá vencido,
pois não se deixou dominar pela força
de se fazer aquilo que não gosta.

Seja feliz, pois, tentando fazer aquilo que você gosta.
Ninguém é grande neste mundo sem desejar ser grande.
E lembre-se, sobretudo, que a felicidade é uma questão de escolha.
- Escolha ser feliz!

- Augusto Branco -