Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Perdidamente...

Um dia... vou acreditar no destino Fechar os olhos e deixar o vento levar-me... onde ele quiser vou acreditar nos sonhos vou acreditar em ti...

Fui visitar-te

 

 

Fui visitar-te…
Não te vi o rosto apenas a tua foto
Tenho saudades… disse-te baixinho
Não respondeste.
Mas o vento, soprou com mais força.
Não, foi apenas minha imaginação
Minha vontade de te ouvir de novo
Fui visitar-te na casa que não é tua
Mas é o único sítio onde dizem que tu estás
Todos mentem, eu sei que não estás lá
Vives noutro local bem melhor
Resistente ao frio e á chuva
Vives nos corações e nos pensamentos
Mas eu vou visitar-te,
Sempre que posso
Quando os outros escolhem o dia que lá devemos ir..
Eu vou, falo contigo
Mesmo que não me respondas
Insisto num monólogo, repetitivo e chato
Mas eu sei que compreendes
Fazes me falta
Repito vezes sem conta
E nessas alturas deves tapar os ouvidos
P’ra não te doer a alma.
Mas é a verdade
Fazes muita falta.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.